Skip to content

3 Maneiras de fazer um Contrato de Locação de Imóvel!





O contrato de locação de imóvel já fez parte da vida e do cotidiano de quase todas as pessoas. Afinal, é muito difícil quem consiga começar a vida já tendo sua própria residência. Sendo assim, realizar a locação de uma residência é uma atividade bem comum, principalmente no Brasil.

Mesmo que ter a primeira casa própria seja uma tarefa bastante gratificante e feliz, a parte contratual, na maioria das vezes, se torna uma verdadeira tortura e uma tarefa que não acaba. Pois, são muitos documentos para assinar, diversos comprovantes de renda e várias visitas ao cartório antes de finalizá-lo.

No entanto, quando se sabe a ordem exata dos procedimentos, tudo fica bem mais fácil. Desse modo, sua mudança fica tranquila e tem-se a garantia de ter uma moradia com bastante segurança.




Com base nisso, separamos aqui várias dicas sobre contrato de locação de imóvel aluguel. Dessa forma, você conseguirá realizar tudo de maneira prática e rápida, sem tantos imprevistos e podendo aproveitar logo o seu novo local.

Confira abaixo!

O que é um Contrato de Locação de Imóvel?

Contrato de Locação de Bem Imóvel
3 Maneiras de fazer um Contrato de Locação de Imóvel!

O contrato de locação de imóvel comercial e residencial se trata de um documento que assegura os direitos e deveres do locatário e do cliente.

Dessa forma, torna-se possível ter mais confiabilidade no lar e saber exatamente quanto pagará, quanto tempo permanecerá no local e quais são suas responsabilidades em relação a ele.

Qual a validade de um Contrato de Locação de Imóvel?

O contrato de locação de imóvel básico comumente tem uma válida mínima de 90 dias. No entanto, tudo depende do acordo realizado entre o locatário e o cliente, não há uma lei específica que determine esse prazo. Porém, há um padrão. Por exemplo, quando o aluguel é realizado através da imobiliária, a base costuma ser de 1 ano.




Contudo, de maneira particular, tem-se maior liberdade para decidir o que é vantajoso para ambas as partes. Sendo assim, caso o desejo seja alugar por um curto período de tempo, a melhor opção é escolher locatários que trabalham de maneira independente.

Quem é responsável por fazer este documento?

O contrato de locação de imóvel direto com proprietário ou com a imobiliária pode ter diferentes responsáveis. Comumente, o locatário toma todas as atitudes exigidas legalmente para que o aluguel seja realizado sem problemas com a justiça.




No entanto, em alguns casos raros, a documentação pode ficar por conta do cliente interessado no contrato de locação de imóvel residência.

Quando uma imobiliária ou um corretor fazem o acompanhamento do negócio, é normal que um modelo padrão de contrato seja entregue ao cliente.

Esse, por sua vez, deve ler com bastante atenção, em busca de cláusulas que sejam insatisfatórias a ele. Caso encontre alguma, possui total liberdade para solicitar por alterações.

Já quando o imóvel é alugado sem intermediário, tem-se a oportunidade de redigir o contrato junto com o proprietário.

Nesse momento, é fundamental manifestar sua opinião, explicando o que lhe deixaria mais tranquilo. Desse modo, garante-se a satisfação plena de ambas as partes e evita-se uma possível quebra de contrato.

Qual o prazo mínimo para Locação de Imóvel residencial?

O contrato de locação residencial de imóvel e mobília não tem um prazo mínimo estipulado em lei. No entanto, é bem comum que proprietários e imobiliárias tenham suas próprias regras para a realização de negócios.



Com pessoas jurídicas, normalmente o prazo estabelecido é de um ano. Porém, seis meses também são aceitos em alguns casos. Para entender exatamente, a melhor opção é entrar em contato diretamente com o corretor.

Em negócios diretamente com o proprietário, a liberdade para negociação é maior. Em imóveis na praia, por exemplo, pode-se alugar por temporada e até mesmo por dia. Sendo assim, antes de tomar uma decisão, é válido fazer uma boa pesquisa para encontrar a melhor opção.

Locação de Imóvel Comercial e Residencial

O que acontece quando se quebra um contrato de Aluguel?

A quebra do contrato de locação de imóvel direito civil costuma ser um assunto bastante polêmico. Por esse motivo, é ideal que uma cláusula relacionada a ele seja estabelecida no documento.

Na grande maioria das vezes, qualquer uma das partes que rompa com o combinado antes do período determinado faz o pagamento de uma multa. Sendo assim, é bom sempre ter uma reserva financeira para possíveis imprevistos.

Qual a multa permitida em contrato de locação?

Comumente, a multa paga pela quebra de contrato equivale ao valor de uma parcela do aluguel. Esse é um valor justo e acessível, o que torna o documento mais tranquilo para ambas as partes.

No entanto, em casos mais drásticos, o valor pode chegar a ser o equivalente a todos os meses faltantes do aluguel. Nesses casos, a melhor opção é evitar a mudança e aguardar no imóvel o encerramento do prazo estipulado.

Se você precisa saber mais sobre contrato de locação de bem imóvel, acompanhe esse vídeo!

E para não perder nenhum detalhe sobre o mundo jurídico dos contratos, confira nosso site→ Cartório.Lá, sempre passamos as melhores dicas e informações atualizadas para você não cair em nenhum golpe!